ADOLESCENTES

Adolescentes

Nestas idades acontecem enormes mudanças tanto a nível físico como cognitivo. As necessidades nutricionais aumentam, a influência dos colegas é máxima e existe uma nova autonomia, o adolescente é muitas vezes livre de escolher o que almoça ou lancha. Educar e sensibilizar é o mais importante.

10 – 18 anos

Para suportar todo o crescimento que acontece nesta fase as necessidades nutricionais estão aumentadas. Aumentam os requerimentos de energia e também os de minerais (ferro, cálcio, zinco…) e vitaminas (C, A, D...).Pelo que a energia extra deve vir de alimentos que forneçam esses nutrientes (fruta, hortícolas, cereais pouco refinados, lacticínios meio-gordos, leguminosas e carnes magras, peixe ou ovos) e não de alimentos que forneçam apenas calorias vazias (refrigerantes, bolachas, rebuçados e chocolates, snacks industrializados cheios de sal e açúcar…)

Lacticínios

A ingestão de lacticínios é particularmente importante nestas idades uma vez que a formação de ossos fortes e saudáveis capazes de evitar a osteoporose mais tarde acontece neste período. Pelo que devem ingerir 3 a 4 doses de lacticínios (1 dose=1 copo de leite, 2 iogurtes sólidos, 2 fatias de queijo) diariamente.

Fast Food

A ingestão de alimentos menos saudáveis como fast food, etc. vai sempre acontecer e não vale a pena estar permanentemente em guerra por causa disso. Deve antes tentar que a ingestão desse tipo de alimentos seja equilibrada com alimentos mais saudáveis: 

  1. Quando vai comer pizza, comer uma sopa ou uma salada a acompanhar a refeição.
  2. Num restaurante de hambúrgueres poderá escolher um menu pequeno e em vez do refrigerante poderá beber água ou leite. 
  3. Se ao almoço as escolhas normalmente não são as melhores, apostar num pequeno-almoço completo e em lanches equilibrados, não esquecendo a sopa e os hortícolas ao jantar. 

Álcool

Outro assunto importante nos jovens é o álcool que começa muitas vezes a ser consumido nestas idades. Uns começam por curiosidade outros para se sentirem mais relaxados ou porque os amigos também bebem, mas o consumo de álcool deve ser evitado até aos 18 anos pois pode comprometer o desenvolvimento físico e cognitivo numa altura em que há alterações tão importantes no corpo e na mente de adolescentes e pré-adolescentes.