AMAMENTAÇÃO E AFECTO

Amamentação e afecto

Provavelmente já sabe que amamentar é a melhor forma de fornecer ao seu bebé todos os nutrientes de que necessita e de lhe aumentar a imunidade e de o proteger de diversas doenças futuras. Mas sabia que amamentar é também a melhor forma de responder às necessidades emocionais do seu bebé? 

A amamentação promove um canal de comunicação único. A necessidade de alimentação é tão frequente no início, que a mãe e o bebé estão em contacto quase permanente. Isso permite à mãe aprender rapidamente a interpretar os sons e sinais do seu bebé.

 Ao amamentar além de responder às necessidades fisiológicas de alimento também responde à necessidade de proximidade, de contacto, de colo que são também supridas ao amamentar.

Ao amamentar em regime livre, sem horários rígidos e sem pressas, a mãe além de fornecer o leite necessário, ensina ao bebé que está disponível quando ele precisa o que o faz sentir-se seguro.

Ao amamentar, o contacto visual e físico, promove a libertação de hormonas, como a oxitocina, que provoca sentimentos de bem-estar e que é essencial à criação de laços e a sentimentos positivos numa relação.

E se não puder ou não quiser amamentar?

Uma mãe que não amamenta pode na mesma proporcionar proximidade, afecto e disponibilidade. Até porque mais vale um biberão dado com amor e disponibilidade, que um seio dado com má vontade.

  • Procure a dar o biberão ao bebé a maioria das vezes. Os bebés sentem essa atenção e consistência e tenderão a sentir-se mais seguros.
  • Olhe para o seu bebé enquanto o alimenta. Ambos sentirão benefícios desse reconhecimento.
  • Quando for possível dê o biberão ao bebé estabelecendo contacto pele-com-pele. Isso vai reduzir o stress e vai promover a libertação de oxitocina, a hormona do amor, que fortalecerá a sua relação com o bebé.
  • Alimente o seu bebé quando ele tiver fome e não baseada no relógio. Responder aos seus sinais vai fazê-lo sentir-se mais seguro e vai confiar em mais em si.
  • Se o seu bebé estiver com fome e angustiado enquanto prepara o biberão, segure-o ao colo, abrace-o e conforte-o até ter tudo pronto.

Fonte: http://www.centreforattachment.com/...id=25&Itemid=45